Reportagens

Publicidade
Publicidade
Marca

Devassa continua polêmica para aumentar popularidade

Marca escolhe a cantora Sandy como musa e investe no Carnaval brasileiro

Por Sylvia de Sá - 03/03/2011

Devassa continua polêmica para aumentar popularidadeUm ano após o lançamento da Devassa Bem Loura, a Schincariol comemora os resultados de sua estratégia de Marketing e dá continuidade aos investimentos em ativação de marca. Os bons resultados podem ser creditados, principalmente, à polêmica em torno das ações que tinham como protagonista a socialite norte-americana Paris Hilton. Agora, a Devassa quer gerar mais boca a boca com a escolha de Sandy como sua nova musa.

A opção pela cantora foi divulgada na última terça-feira, dia 1º, e poucas horas depois a palavra “Devassa” já figurava entre as mais citadas pelos internautas brasileiros no Twitter. Além de estrelar o filme publicitário e os materiais de comunicação da marca, que levam a assinatura “Todo mundo tem um lado Devassa”, Sandy – que mudou o tom do cabelo especialmente para a ocasião – também será a principal atração do camarote Devassa no Sambódromo do Rio de Janeiro.

Para a marca, o Carnaval é o momento mais importante do calendário, reunindo as principais ações de Marketing do ano. Há cerca de oito anos patrocinando os desfiles cariocas, a Schincariol também apoia há dois anos a festa de São Paulo. No Rio, a Devassa está presente ainda no Carnaval de rua, ao lado da Sebastiana (Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro).

Schincariol deve investir R$ 500 milhões em 2011
A novidade de 2011 são os Bailes Devassa, que prometem resgatar a tradição dos bailes de máscaras, comuns entre as décadas de 1930 e 1950. Os eventos serão realizados no Píer Mauá, Zona Portuária da capital carioca, a partir de hoje, dia 3, e até a terça-feira de Carnaval, 8. A plataforma de ações é parte do investimento da Schincariol, que este ano deve ficar na casa dos R$ 500 milhões.

No último ano, a empresa investiu R$ 1 bilhão. Do total, R$ 400 milhões foram direcionados para a ampliação da capacidade de produção da fábrica de Alagoinhas, na Bahia. Como resultado, a companhia acumulou um faturamento de R$ 5,7 bilhões, vindos da venda dos 170 produtos que compõem o portfólio. Para Devassa, os resultados do primeiro ano de atuação foram expressivos. Na época do lançamento, a polêmica campanha publicitária com Paris Hilton gerou um recall de marca de 92% no eixo Rio-São Paulo.

“Acreditamos que a Devassa estará cada vez mais na mente e no desejo do consumidor porque é uma marca cervejeira. Nasceu no Rio de Janeiro e temos certeza que conquistará o Brasil. Lançamos no Carnaval de 2010, apenas em São Paulo e no Rio, e fizemos um grande barulho”, diz Luiz Claudio Taya, Diretor de Marketing da Schincariol.

Devassa continua polêmica para aumentar popularidadeCrescimento de 300% no Rio
O “barulho” fez efeito. Segundo uma pesquisa da GfK, realizada entre janeiro e março do ano passado para avaliar o “marco zero” de Devassa Bem Loura, a marca atingiu 75% de recall. Para mensurar o desenvolvimento um ano após o lançamento, outro estudo foi realizado, desta vez com a TNS, entre dezembro de 2010 e janeiro de 2011. Os resultados mostraram a forte lembrança da marca entre os consumidores.

“Percebemos que a imagem é de uma marca de qualidade, que já nasceu com consentimento social. Quem experimentou gostou. Até o momento, a fórmula mantém-se original. Também monitoramos o líquido, que é de extrema importância. Estamos frequentemente pesquisando em São Paulo e no Rio de Janeiro, além de outras praças estratégicas”, explica Taya.

O desempenho é traduzido nas vendas. Presente em mais de 30 mil pontos de venda, do lançamento para cá, Devassa Bem Loura cresceu 300% no Rio e 125% em São Paulo. O aumento também acompanha a estratégia gradativa de expansão. Desde dezembro na Bahia, Devassa Bem Loura já é a quarta marca de cerveja na região. “Estamos expandindo aos poucos, com bastante critério. O foco está em São Paulo e no Rio, mas amarramos pontualmente algumas regiões do Brasil”, explica o Diretor de Marketing, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Passada a folia carnavalesca, para os próximos meses estão previstas ações de ponto de venda, tanto em supermercados, quanto em bares, impactando os consumidores. A ideia é levar para os pontos de contato da marca com o consumidor a essência de Devassa Bem Loura. “Se a Sandy pintou o cabelo de louro, é porque a marca pode fazer isso. É o espírito de ousadia e irreverência. Não podemos fazer qualquer ação”, ressalta Tayan, indicando que vem mais surpresa pela frente.